Meu pedaço de vida

Mensagem para a vida

Texto escrito por Daniela Romo em Junho de 2012

Mensagem por etapas, são muitas as emoções…

Me sinto tão honrada por tão absoluta solidariedade, pela permanência de vocês na minha vida. Amada mais que jamais! O amor de vocês, mais do que me cativar… tocou as minhas células. Apenas… posso, mas eu sei, eu só tenho que “assoviar”.

Algum dia temos que transitar nossa obscuridade para reconhecer nossa luz…

“Que fragilidade que me faz estar disposta a chorar”

Que tranquilidade olharme com outros olhos, viva.

Inefável experiência…
Nua, olhando no espelho a brancura, pensando quanto dura essa maciez que nos é submetido sem pensar

Alguém se olha e reconhece a ‘alteridade’ do espelho,
a que aceitamos sem mais (e a que, às vezes, exigimos) logo…
as alterações o exterior e logo… A ‘alteridade’, o que inicia as transformações
de tudo, isso que somos e que às vezes nos custa reconhecer…

Despoja-se, desprenda-se, liberta-se, entrega-se…
SER! Essência, arquitetura e engenheiros ignotos… E a luz! Cada tarde dolorida, o sorriso da luz! Suas mensagens…

Para ocupar minhas horas e meus dias, por enchê-los de esperança e alegrias, e como disse Fermín (O prisioneiro do céu de Ruiz Zafón): o futuro não se deseja, se merece…
Com mais esforço hei de merecer todo esse amor que vocês me dão! Quando hálito de vida!!!

Submersa no silêncio, que me permitia compreender o sagrado desta missão, com a energia de vocês e com a minha, ajudando cada célula, que é salva de mil e milhões que morrem todos os dias… A organizar sua batalha para se limpar, se iluminar, se converter e se aceitar. E a luz, e a chuva…

Assim como minhas enfermeiras injetavam no cateter a solução, como os técnicos em radiografia me davam raios de saúde, hoje eu gostaria de injetar, insuflar e difundir a palavra: OBRIGADA, para que nela caiba o ar, o desassossego, o vento, o frio, o sol, o céu, as estrelas, Vênus, o amor, as orações, a alegria e a luz especial que me envolvia…

Obrigada, Obrigada, Obrigada… a todos e a cada um. Às vezes as palavras não podem dizer tudo!!!!

Quanto hálito de vida… a aqueles que me deram seu testemunho,

A todos que com sua coragem e determinação, sua força, sua fé, seu amor, suas lágrimas e seus sorrisos me deram exemplo!

OBRIGADA por serem meus companheiros, por serem meus espelhos, não podia eu, ser menos que nenhum!

OBRIGADA pela peregrinação, juntos mostrando saídas através, outra vez, do aconchego de um sorriso!

Aos que já não estão, mas seguirão nos inspirando a cada minuto…

Excedida por todo esse amor…

UM CORAÇÃO que me fez crescer, vibrar, ser, e sobre tudo SORRIR

Vestindo-me de seus pensamentos e suas orações… Uma manequim, nua, pronta para vestir a roupa de uma canção e a de um novo personagem!

“Porque a pele que se esconde com mil roupas é somente o que é… Nua de corpo e alma aqui estou nua…”

Cada ferida como um beijo imaculado

Beijo que não se esquece nunca

Pegadas que não se apagam do corpo

Cheias do mistério eterno que é a vida

Que são os beijos…

Desde o mais profundo do meu ser, OBRIGADA! Com um abraço, com um beijo! Aos que dedicam a sua vida para nos devolver a nossa!!! Obrigada aos doutores, as enfermeiras, aos técnicos (os mais divinos e capacitados) e a todo o pessoal que fazem de um lugar o centro de tratamento ao câncer!

À mídia por seu respeito e amizade

À Televisa por me dar abrigo

Aos meus companheiros e amigos

Às pessoas que estão próximas

A vocês, que são meu universo!

Sempre amor, sempre luz. E sim, sei que tenho que “assoviar” VIVA LA VIDA!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s