La Cita

daniela romo*Dentre outros significados, “La Cita” quer dizer “Encontro”. Nossa equipe optou por não mudar o termo no texto, para não desvirtuá-lo.

Isto é “La Cita”, um reencontro com as paisagens que nos definem, com o que criamos através do amor, da esperança, do desamor, da angustia que se escreve ou se inscreve na canção. La cita, cm nossa educação sentimental, com nossos paraísos e com nossos infernos, cm momentos que formaram nosso caráter e desenharam s sonhos que sonhamos viver. La cita é como o passado, um centro noturno, com as cortinas, o teatro de revista, o cabaret e o palco. La cita com o esplendor das vozes,, das estrelas e dos trovadores. Tantos e tantos que foram e são nossos cúmplices e que fizeram nossos corações. Mas não existe passado, presente, nem futuro sem canções. La cita é uma sincera homenagem aos grandes autores, criadores de palavras e melodias. Graças a eles podemos viver e reviver através dessas canções as nossas nostalgias, solidões, glórias, paixões, sensações e emoções. La cita é como o meu México e a sua influencia Telúrica, que me deu uma maneira de sentir e uma identidade. Ao México de ontem e de hoje, o México que deve seguir sonhando. Uns dizem que o tempo passado foi melhor. Hoje, com este cd, quero brindar contigo para que o futuro seja melhor. Não esqueças de la cita. Te espero sempre com todo o meu amor. Maio de 1994.

Daniela_Romo-La_Cita-Frontal

Daniela_Romo-La_Cita-Interior_Frontal

Daniela_Romo-La_Cita-Trasera

Daniela_Romo-La_Cita-CD1

Daniela_Romo-La_Cita-CD2


lacita3

Músicas

CD 1:

1. Amor mío Alvaro Carrillo (PEER MUSIC)

2. Cien años Alberto Cervantes /Rubén Fuentes (PEER MUSIC)
3. Voy Luis Demetrio (PEER MUSIC)
4. Un mundo raro José Alfredo Jiménez (PEER MUSIC)
5. La cita Gabriel Ruiz (PEER MUSIC)
6. De que manera de olvido Federico Méndez (Emi Music Publishing)

7. La noche de anoche René Touzet
8. Canta, canta, canta José Alfredo Jiménez (PEER MUSIC)

9. Que va Fernando Z. Maldonado (Emi Music Publishing)

10. Mi amigo el tiempo María Teresa Rivas (BMG/ EDIM)

CD 2

1. Qué sabes tú Myrta Silva (PEER MUSIC)
2. Mulata (Espinita Nico Jimenez PEER MUSIC / Me lo dijo Adela Otilio Portal PEER MUSIC Piel canela Boby Capo PEER MUSIC / Mulatas del cha cha cha Evelio Landa PEER MUSIC)
3. Si Dios me quita la vida Luis Demetrio (PEER MUSIC)
4. Dame un poco de ti José Alfredo Jiménez (BMG . EDIM)
5. Si nos dejan José Alfredo Jiménez (BMG / EDIM)
6. Toda una vida Oswaldo Farrés (BOURNE CO.)
7. Que has hecho de mi Sylvia Ibañes Riera / Bebu Silvetti (PEER MUSIC/ SGAE)
8. La corriente Chucho Navarro (BMG /EDIM)
9. Franqueza Consuelo Velázquez (PHAM)
10. Cheque en blanco Emma Elena Valdelamar (PREDISA)


Fotos

cita

lacita5

lacita8

aef5176fc059935b570bc397c6081de4


Agradecimentos:

lacita10

Bebu, obrigada por atravessar em minha vida com o seu talento, inspiração, carisma, com o seu carinho. Com essa nova presença e vida que dá às músicas que tanto ama, por buscar eleger e recriar esses temas. Obrigada por me deixar cantar em seu disco, por sua fé em mim, por esse presente, e o maior… por minha vida. Pela recordação, como água para chocolate. Te admiro e te adoro, te adoro e te admiro! Tina, obrigada por sua obstinação, por sua perseverança. Espero que você concorde comigo que esse era o tempo, você não é só uma boa profissional no teatro, mas também uma ótima diretora de repertório. Obrigada por sentir, por recordar, por me permitir viver essas canções. Obrigada, sempre, por acreditar em mim. Obrigada as minhas inéditas Maria Teresa Rivas r Sylvia Riera de Silvetti. Obrigada aos amigos de Rusk, Elton, Ana, Gustavo, agora desde o Computer Center, a Mauricio por tantos sorrisos, a Izl, a Tim e a Jill. Que orgulho sinto da VVC Orchestra. Seth Riggs I Love You. Severino Tarasco, Obrigada sempre por seu carinho. A um ser humano que soube ser o que todo ser humano deveria ser, Amigo, Ernesto Alonso. A Diana Laura Riojas de Colosio, obrigada por me oferecer uma mão, por reiterar todas as razões que tenho para te admirar. Obrigada a todos aqueles que brindaram comigo essa energia. A minha mãe. A Papa Alberto que vai tocar muitas dessas canções em seu piano ou em seu violino. A Pato. Ao amor que me mantém viva e em pé, pronta para lutar. A María, com a esperança de um novo e melhor futuro. Obrigada sempre, com todo o meu amor!