Eu Acredito em Reencarnação

Por Cesar Calderon

Minha vida é uma luta constante em busca de uma evolução interior. Pode-se livrar de quem seja, mas nunca de si mesmo. Podes enganar aos demais, mas nunca a ti mesmo. Essa é a minha vida.

De onde venho? De muitas vidas. Sou uma mulher que tenho 26 anos, que vive neste país e que tenho como missão de sensibilizar os demais. Sou uma célula salva de milhares e de milhões que morrem todos os dias. Estou viva e estar viva significa parte de um todo. Somos parte da natureza, de um grande cosmo. Somos parte dessa energia que se move em muitos níveis. Seu nome pode ser Cosmo ou Deus.

Repórter:

No princípio de julho passado, uma delicada operação suspende a turnê artística de Daniela Romo pela Espanha e sua voz deixou de ser escutada durante algum tempo. Longos dias que teve que guardar o silencio absoluto para se recuperar de um Cisto que obstruía as cordas vocais, e que pôs em perigo a sua carreira.

Nesses dias Daniela teve um forte encontro consigo mesma, que a fez crescer e descobrir uma face que nada conhecia; seu pensamento místico, sua crença na reencarnação e a relação de tudo, também com sua vida artística, espiritual e amorosa, além de seus planos presentes e futuro.

“Durante meu processo de recuperação tive que estar 10 dias calada. Se aprende muito calando. É muito importante aprender do silêncio e escutar os demais, a parte que te livras de dizer muitas estupidezes. Estou feliz de ter vivido essa evolução e introspecção pessoal tão fundamental”.

Creio que agora é a milésima vez que repito, hoje estou mais completa. Estou plantando a vida através de uma série de questionamentos clássicos, como: Quem sou? De onde venho? A onde vou? Às vezes exigimos de Deus o porquê de tantas coisas e danos, mas esquecemos que a vida é como uma “Bumerang” que tem que pagar tudo o que se tem feito. É a lei do Karma.

Repórter:

Karma? A palavra soa rara, inclusive forte, mas saindo dos seus lábios parece tão natural, como qualquer outra.

Durante anos dos filósofos, teólogos e estudiosos do mundo esotérico têm investigado sobre a “Lei do Karma” que não é outra coisa que a lei de causa e efeito. É decidir todo o que fizemos, pensamos ou cometemos na vida. Gera uma dívida que temos que pagar tarde ou cedo, seja boa ou mal. É como diz a bíblia “olho por olho, dente por dente”, assim o efeito das nossas ações é o resultado de nossas sementes e isto nos conduz a outra teoria. A reencarnação.

 Então, acredita na reencarnação?

Sim, Creio na reencarnação.  Penso que tenha vivido outras vidas, e isto é resultado dessas vivencia passada. Muitas pessoas se perguntam: Por que não te recordas da tua vida? Isto é lógico, mas lembra de Mozarte? Tocava piano aos 4 anos e ademais companhia. Como se explica? É que possivelmente se recorda de uma de suas vidas anteriores, onde foi um grande pianista. Pode ser, não?

Anúncios

Entrevista

O que ama?

“Amo a minha família. Minha mãe é uma grande mulher. Ela trabalha para ajudar a manter a carreira. Sonho em ter o suficiente, para que possa retirar e poder lhe ajudar, dando tudo o que ela deseja e os maiores gostos do mundo.”

“Amo meus amigos. Considero que a amizade é tão importante como o amor; é o amor. Sou apaixonada pelas minhas amizades, me entrego a elas em alma e mente, e até agora meus amigos tem correspondido divinamente. Isto me traz uma recordação triste: tinha uma amiga que era como uma irmã, algo especial entre ela e eu. Quando estava gravando o meu LP na Espanha, ela foi de visita e como estava ocupada com meus assuntos, não dediquei o tempo que deveria. Um dia, minha amiga subiu em um trem com sua família…. e morreu em um acidente. Despertei! Me dei conta que temos que dizer “Te amo”… porque não sabemos até quando estaremos aqui.”

O que a emociona?

“As pessoas, sempre as pessoas! É que existem pessoas que tem cada detalhe… nunca esquecerei da família; em um pequeno e pobre povoado mexicano que me preparou uma deliciosa comida, apesar de seus poucos recursos, porque era a artista , a visitante.”

“Emociona-me a natureza, ver a beleza de cada dia, descobrir o bom de cada ser humano…”.

Me comove as demonstrações de afeto do meu público, jamais poderei apagar tudo o que tem feito sentir. Por isso aproveito esse momento para dizê-los, Obrigada!

O que a alegra?

“A vida mesma; é o mais lindo que há; que lindo é está cheia de inquietudes, de sonhos, de potencial humano. Amo a vida, tanto como a minha profissão, e isso é algo maravilhoso.”

“Sou uma pessoa sensível, e me faz feliz as coisas pequenas; caminhar em um mercado ao ar livre, comer tacos em qualquer esquina, sonhar acordada…”

O que odeia?

“A Injustiça. A intolerância. Creio que o “ódio” é uma palavra muito forte; digamos que há coisas que me faz ficar irritada.”

O que te entristece?

As noticias sobre as crianças que passam fome e trabalho escravo no mundo. Não te imaginas em que estado me põe, não as suporto. Parece-me algo tão injusto.

Nunca te sentistes sozinha?

A solidão não é uma circunstância, se não um estado de animo. Pode sentir-se sozinha mesmo rodeada de pessoa. Por isso, não tem que temê-la, se não, aprender, manejá-la. Na solidão comigo mesma, que não é frequente, porque tenho muito amigos, aproveito para pensar, para ler, para buscar.

Tem medo da morte?

Não. Porque acredito na reencarnação. Penso que tem que haver níveis diferentes, instancias vitais e com distintos gradativos de evolução. Estou convencida de que temos uma missão sobre a terra e que só uma vida não basta para levar adiante.

Entre tuas duas faces de atriz e cantora, qual preferes?

As duas, porque ambas constituem um desafio. Como atriz, tenho a responsabilidade de emprestar meu corpo a um personagem e dá credibilidade seus pensamentos, suas palavras, seus gestos. Como cantora? Sou eu mesma, sem frescuras e nem pretextos, subo ao palco para defender o que penso e o que sinto.

Você se veste muito bem, o que acha?

Deve ser porque tenho um corpo de pobre e cabe todos os retalhos. As pessoas que estão próximas a mim, tem aprendido conhecer o meu gosto e de repente chegam a min e dizem: “te compramos este vestido, porque percebemos que a sua cara Daniela”

Eu mesma quando vou às lojas não sei o que comprar, não sei decidir.

Seu lado louco?

Tenho meus dias loucos, gosto de deixar a menina que vive dentro de mim soltar o cabresto. Então deixo soltar a imaginação, quando tinha oito ou nove anos, acreditava que as nuvens eram de algodão e que um dia poderia alcançá-la… Outro dia, me disfarço como quando as meninas se vestem como mulher; então ponho meu melhor vestido – o mais chamativo – me maqueio bem e saio nas ruas como Daniela Romo, a atriz e cantora. É muito divertido. 

Daniela Romo sobre William Levy: Eu o amo e não é verdade que a fama o subiu à cabeça.

Fonte: People em Español, 14 de Agosto de 2013

slide_284860_2189879_free

Piadista e jovial, Daniela Romo – que superou o câncer de mama há alguns meses – compartilhou alguns detalhes das gravações de La Tempestad na pequena cidade de Alvarado, em Veracruz. Romo usa o guarda-chuva para se proteger e conversa sobre os rumores contra o elenco da novela, encabeçado por Ximena Navarrete, Iván Sanchéz e William Levy, de quem nega que a fama subiu à cabeça.

“Que os mistérios das tempestades e das novelas sejam mantidos em segredo, porque o mistério é o que nos dá efervescência para continuar. Mas eu o amo, e não é verdade o que dizem”, conta a atriz. Por trás das câmeras, o maior inimigo é o intenso calor.

“Para nós tem sido muito gostoso, por exemplo, para William, quando precisa se aventurar pelo mar… tem direito de se refrescar. Mas nós não podemos e de repente, sentimos um calor intenso. Como agora, estamos gravando em pleno verão e a cidade está cheia de turistas, as crianças não estão nas escolas e de repente, o cenário vira uma loucura”.

Ximena-Navarrete-y-William-Levy-causan-retrasos-en-La-Tempestad

_15-b291c8ef-06a7-11e3-9062-7637b2d61c06

A cantora também falou sobre seus companheiros protagonistas: “É a terceira novela que faço com William, eu o adoro, somos muito parecidos em certos sentidos. Somos do mesmo signo, já celebramos alguns aniversários juntos porque são dias de diferença.” Sobre Ximena, Romo diz: “Ela é a surpresa mais bonita que me aconteceu viver, estuda muito e a cada dia se supera. Está na gente e com a gente, a admiro e a agradeço muito”.

Sobre o espanhol, conta com bom humor: “Iván agora fala “choradas” (gíria mexicana). Mesmo que seu personagem possa parecer pedante e espantoso, ele é muito ligeiro e é uma pessoa maravilhosa”.

 

Entrevista

“Sou muito mais que uma mata de cabelos.”

sa

1-Se considera uma pessoa bonita?

  • Não sou bonita, e nunca pensei que a minha cara fosse importante. Não desejo que o público me deseje por ser bonita e pelo meu cabelo longo, se não for pelo o que canto e o que lhes dou.

2- E se os espectadores desejarem ver-te de cabelo curto ou conhecer tua vida privada?

  • Creio que tenho muito mais a dar-lhes que um cabelo curto ou uma vida privada.

3- E que já tocamos neste tema, por que nunca menciona a tua família nas reavistas?

  • Porque não perguntam sobre ela.

4- Bem, agora falaremos sobre ela. Quem forma a sua família?

  • Minha mãe e minha irmã.

5- E teu pai?

  • Sou filha de mãe solteira. Na verdade isso não vem ao caso.

6- O odeia?

  • Não. Esse sentimento é negativo e por isso não o alimento. no final das contas faria dano a mim mesma. O que passa é que…. não vem ao caso.

7- Não vem ao caso?

  • Creio que não se pode falar de uma pessoa que não se conhece. Vi o meu pai apenas algumas vezes e não posso falar, porque não o conheço. Melhor falarmos da minha mãe… Ela é um ser excepcional, é uma mulher admirável, uma senhora maravilhosa que me ensinou a entregar-se por amor.Ensinou-me, que se desejo algo ou alguém, tenho que correr atrás desse algo ou desse alguém. O que importa “Me ensinou a ser uma mulher feliz.”

8- Também foi uma menina manhosa?

  • Sim. Ri, chorei e sofri.

9- Sofreu bullying por não ter tido pai?

  • Quando somos crianças, as vezes somos muito cruéis,mas ao passar os anos percebe que as feridas não foram tão grandes.Vou explicar melhor: “meus amiguinhos me perguntavam porque meu pai nunca ia na escola. Inventava cada história. Lhes dizia que estava de viagem e até que era uma astronauta.”

10- É rancorosa?

  • Não. Se fico chateada ou com raiva, acabo apagando a pessoa da minha lista e não sou a mesma, mas isto não quer dizer que não volte a falar ou não saudar… antes de tudo sou uma mulher educada.

11- E o amor, que papel toma na sua vida?

  • É o mais importante. Amo a vida, ao meu trabalho, a minha família e as pessoas que estão comigo. Não posso fazer as coisas só por fazer, gosto de desfrutá-las realmente. Me agrada ser amada por mim mesma, porque assim tenho aprendido a amar os outros. Creio que o amor não se limita apenas a um casal.

12- Quantos namorados já teve?

  • Uff! Já perdi as contas! Não, não é certo. Penso que toda relação amorosa deve ser seria. Não me interessa flertar e nem se apaixonar por todos. Sou muito formal em minhas coisas. Para mim o AMOR merece todo respeito.

13- Quantas vezes se apaixonou?

  • Três vezes. Mas nenhuma delas foi do meio artístico.

14- Por que dizem que é namorada ou amante de Miguel Bosé? É Correto?

  • Beijar uma pessoa na boca não significa que seja seu namorado, teu amante ou teu marido. Tão pouco creio que fazer amor com alguém, este se converte em teu namorado ou amante. Não gosto de classificações, e nem das etiquetas.

15- É fato que tua relação com Miguel Bosé vai muito além de uma simples amizade…

  • Miguel é um dos seres mais importante da minha vida. O amo, o adoro, o admiro como pessoa e como artista, mas isso não quer dizer que vou engravidar dele, que vou casar ou que vou viver ao seu lado. As coisas quando são profundas e reais, não necessita de matrimônio e nem de igreja.

16- Como sonha que seja a metade da sua laranja?

  • Não creio nas metades das laranjas, creio nas inteiras. Somos seres individuais que busca alguém que deseja percorrer o mesmo caminho.Por outro lado, nada nos pertence e não pertencemos a ninguém

17- Acredita em casamento?

  • Não vou me casar apenas por compromisso, não darei esse gosto a sociedade. Creio que o matrimônio não é um papel… é uma convivência.

18- Quando regressa ao terreno de atuação?

  • Olhe, quero voltar a atuação quando chegar o momento certo. Não quero atuar só por atuar; como tão pouco cantar por cantar. No princípio todo mundo dizia: Ai, outra atriz cantora, mas se equivocaram… Não sou outra… Faço as coisas bem feitas, se não for dessa forma é melhor não fazer.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bonita, Solta e Simpática

15

É bonita, solta e simpática. Três condições que habitualmente não costumam andarem juntas. Porém, ela as reúne com graça.

Daniela Romo é daquelas cantoras que são cotadas por colher discos de ouro, fruto de grandes vendas em muitos países. O que se chama negócio da música.Desde 1983 há consagrado a essa aventura que se presume em ser protagonista na indústria discográfica.

Disco de ouro por “Mentiras”, disco de ouro pelo tema “Celos”, disco duplo de ouro por “Daniela Romo”, disco de Platina por outro “Daniela Romo”. A lista é grande. As regras, a popularidade, que as vezes soma com atrevimentos e consequentes escândalos, como o videoclipe do tema “Explorame”, junto Alfredo Adame, o apaixonado das telenovelas.

E como a fama nos prepara surpresas e dá voltas a cada esquina. No México me consideram uma cantora romântica. Mas não sou como Julio Iglesias, que se dedica mais as canções padrões. Estou sempre mudando de ritmos, por exemplo o CD “Amada más que nunca”, possui canções inéditas e com compositores jovens.” Declarou Daniela

Sempre o tema de amor?

Sim claro; Mesmo que tenha assumido novos ritmos como o Cha cha cha, e que tenha filmado uma curta metragem como rumbeira dos anos 50.

Nada de Mariachis e nem canções rancheiras?

Não sou cantora de rancheira. Sim os levo na alma, mas é folclórico. É como cantar o tango, é para poucos. Ademais há muitos bons cantores do gênero, inclusive gente jovem. Cantei ocasionalmente essas canções mexicanas, mas nunca animei a gravá-las.

Escreve versos sentimentais?

Sou sentimental, porque levo uma carga emocional, e creio que a canção romântica é um lugar comum, onde convergem aos seres humanos.

Tira tempo para ler e escutar boa Música?

Tenho pouco tempo para fazer o que eu gosto, que é ler poesias e novelas, escutar desde música clássica até salsa, escrever e assistir TV. Todo o tempo está ocupado pelo meu trabalho.

Por aqui aparece a música clássica?

Assim é. E faz pouco tempo que tive uma experiência muito rica. Me convidaram para fazer uma violoncelista em uma das novelas, deveria simular que estava tocando em um Concerto Haydn. E para faze-lo deveria escutar e praticar muito, foi como uma aventura incrível.

1

 

10

Como é Daniela Romo fora dos Palcos?

  • É igual. Não me separo, não possuo duas personalidades, ou seja da artista e da pessoa. Elas sempre andam de mãos dadas, até em cima dos palcos. Isso porque nos palcos tem diferentes circunstâncias, que são: a adrenalina, a pressão, a tensão, o desejo de seguir adiante e diante dos compromissos.Mas a pessoa é a mesma.

Qual é a tua maior Virtude?

  • Saber escutar, essa é a minha maior virtude

E teu defeito mais notório?

  • Sou muito teimosa… muito teimosa. As vezes a teimosia não te dá a possibilidade de observar bem as coisas.

Como nasceu o CD “Amada más que Nunca”?

  • É um CD que me apaixona muito. As vezes é pouco objetivo falar de um trabalho, porque ai está o desafio pessoal de satisfazer certas coisas da criação. Este é um CD com uma grande carga emocional, tem uma enorme variedades de canções e que coincide com o meu momento pessoal. O ano passado fiz teatro com a família Mexicana e tive uma resposta incrível. Tinha muitíssima vontade de dizer ao público que “me sentia mais amada do que nunca”. Foi assim que escrevi esta canção, com um pouco de cumplicidade que me deram as pessoas.

El camino secreto

10406996_10152742804717371_301674908650085429_n

“El Camino Secreto” foi transmitida pela Televisa entre 1986 e 1987, a trama policial contava a história de um pai e suas duas filhas, que precisam fugir de traficantes de diamantes. É considerada um dos maiores sucessos de Daniela Romo, que inclusive, cantava a música de abertura, escrita por Juan Gabriel.


images

Sinopse

Gabriela Guilén (Daniela Romo), é uma jovem que vive com seu pai, Fausto, e com sua irmã mais nova, Julieta. Os três vivem como fugitivos, porque Fausto, cujo verdadeiro nome é Santiago, oculta um passado turbulento. Anos atrás, ele e seu amigo Mário se apaixonaram por Martha, a mãe de Gabriela e Julieta, que ficou grávida de Mário, mesmo assim, Santiago se casou com ela. Mas, anos depois, Martha foi assassinada por Adolfo Ávila, um contrabandista de diamantes.

Como Mario e Santiago também estavam envolvidos no contrabando de joias, Adolfo os chantageou e os obrigou a concordar com um trato: se contassem algo a polícia, Adolfo colocaria a culpa do assassinato de Martha nos dois. Mario ainda é obrigado a dividir com Adolfo a metade do lucro que consegue com seu restaurante. Diante da constante ameaça, Santiago decide fugir com suas filhas, muda de nome, casa e cidade.

Um dia Gabriela e Julieta passam a trabalhar em um dos restaurantes que é de propriedade de Mário, que está seriamente doente. Mario decide passar o restaurante para Fausto (Santiago), mas… Fausto é assassinado por mandantes de Adolfo. A situação se complica quando Gabriela conhece David, o filho de Mario (Salvador Pineda).

W68nkg.gif

zpnmRY

Curiosidades:

– A novela contou com a participação de Carlos Ancira, foi o último trabalho deste “primero actor”, que faleceu em 1987.

– Passava de segunda a sexta e possuía 22 minutos, 120 capítulos. Estreou em 1 de setembro de 1986 e seu último capítulo foi transmitido em 13 de fevereiro de 1987.

– Na novela, constantemente era mostrado o retrato de Martha, a mãe de Gabriela. Na foto aparecia a imagem de Teresa Corona, mãe de Daniela Romo na vida real.

– Em 2006, a Televisa realizou uma novela versão da novela chamada “A verdade Oculta”, curiosamente produzida por Emílio Larrosa e protagonizado por Galilea Montijo, Gabriel Soto e Alejandra Barros. Essa versão preservou alguns nomes e lugares da história original.

– A canção “De mí enamórate”, escrita por Juan Gabriel e cantada por Daniela Romo, foi considerada uma das mais emblemáticas músicas de aberturas de telenovela, recebeu vários reconhecimentos internacionais e na década de 1980, foi considerada uma das mais queridas pelo público.

– Durante as gravações, Daniela sofreu um acidente. Em uma cena em que devia cair das escadas, ela fraturou um pé. A atriz precisou ficar em recuperação por duas semanas, o que atrasou as gravações. Salvador Pineda também caiu em uma cena e sofreu um sério corte na cabeça. Depois que a novela foi finalizada, todo o elenco celebrou em um hotel em Acapulco, mas aconteceu um pequeno incêndio que fez a festa terminar antes do programado.


Fotos

El Camino Secreto 2images (1)

11046476_10152607536847371_761268399690518404_nCEaQmX5UMAE6DLA